Imagem 29

Foto:Divulgação/Universal Pictures

Estreia de ‘007 - Sem Tempo para Morrer’ é adiada para outubro

007 - Sem Tempo para Morrer, o mais recente filme da série de James Bond e um dos filmes mais esperados de 2021, teve sua data de lançamento adiada mais uma vez. 

O filme, último estrelado por Daniel Craig como o elegante espião britânico, estava programado para 2 de abril. Mas a MGM anunciou na quinta-feira (21) que a nova data de estreia será em 8 de outubro.

Esta é a terceira vez que o filme foi adiado desde o início da pandemia do novo coronavírus. A produção estava originalmente programada para chegar aos cinemas em 10 de abril de 2020.

As múltiplas mudanças de data de 007 - Sem Tempo para Morrer são um símbolo do impacto da pandemia em Hollywood. O 25º filme da série James Bond foi a primeira grande produção a ser adiada por causa da pandemia. 

A indústria cinematográfica tem sido amplamente afetada pelos efeitos das medidas para conter a Covid-19, que fez com que os cinemas fossem fechassem por meses e forçou o público a ficar em casa.

Grandes sucessos de bilheteria como Viúva Negra, da Marvel, Velozes e Furiosos 9, da Universal, e Top Gun: Maverick, da Paramount, também foram adiados.

Outros filmes, como Mulher-Maravilha 1984, da Warner Bros., tiveram um lançamento híbrido: nos cinemas e na HBO Max [serviço ainda não disponível oficialmente no Brasil] no mesmo dia. Alguns filmes como Soul, da Pixar, e Mulan, da Disney, optaram por estrear em streaming.

A Warner Bros. anunciou que lançará todos os seus filmes de 2021 nos cinemas e na HBO Max no mesmo dia.

O atraso de 007 - Sem Tempo para Morrer é um grande golpe para os donos de cinemas que estão desesperados para reconquistar o público. No entanto, mover o filme para uma data posterior é um forte sinal de que pode levar meses até que as coisas voltem ao normal na indústria.

A Sony também disse na quinta-feira (21) que Os Caça-Fantasmas: Mais Além, a sequência da popular franquia Os Caça-Fantasmas, mudará de 6 de junho para 11 de novembro.

Os próximos grandes filmes na programação dos cinemas são Viúva Negra, que está marcado para estrear em 7 de maio, e Velozes e Furiosos 9, para 28 de maio. Resta saber se eles também não serão adiados novamente.

Por: CNN

Foto: Arquivo Pessoal

A terra das Imburanas também é terra de poetas e músicos

O grupo esclareceu o significado do nome “UZIMBURANAS”, que, para além das definições dos estudiosos, a planta, que alguns chamam também de UMBURANA, cedeu seu nome a um pequeno povoado as margens do Pajeú, que tempos depois passaria se chamar Itapetim.

Foto: Reprodução

Não sei se há remanescentes vivos desse tempo, mas ainda há muitos que se orgulham do nome e das histórias por trás dele.

Famílias inteiras se dedicam ao ofício da música, o que acaba por inspirar e influenciar a todos daquela região, em alguma medida.

Em 2020, durante o isolamento forçado pela pandemia, um grupo de amigos, todos nativos das Imburanas espalhados pelos quatro cantos do mundo, resolveram se juntar, virtualmente, em nome dessa tradição artística.

Fruto de uma amizade tão antiga e tão sólida quanto às raízes dessa árvore símbolo de um povo, nasceu o grupo Uzimburanas.

Composto atualmente por 14 músicos, arranjadores e compositores, a trupe tem produzido versões personalizadas de músicas consagradas (ou não!), pinçadas do repertório de grandes artistas nordestinos, como Geraldo Azevedo, Zé Ramalho, Alceu, Valença, Gilberto Gil, etc., além de composições próprias.

Com duas produções disponíveis em seu canal no youtube, a mais recente é um pout-pourri das músicas “Dona da minha e Cabeça e Te amo Brasília”, o grupo mantém a premissa de agregar o máximo de músicos itapetinenses possível, afim de espalhar uma mensagem de união em torno da paixão pela música, pela arte, pela amizade, por Itapetim.

Uzimburanas é composto atualmente por: Fábio Viana, Flávio Viana, Jorge Viana, Alex Viana, João Magno, Paulo Simões, Cícero Aldo, Roselmir Macaxeira, Aldinho Sanfoneiro, Gilton Marcos, Tinko Lira, Romário Lira, Zé Maria e Adriano de Dalila.

Assista a baixo vídeo Dona da minha e Cabeça e Te amo Brasília.


Por: Redação Edviana