Sua página de notícias - Policial



Foto: Peu Ricardo/ DP Foto

Detentos do Cotel denunciam maus tratos no presídio e promotoria é acionada

Reeducandos do Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), localizado em Abreu e Lima, enviam carta aos familiares denunciando maus tratos sofridos por eles e praticados pelos funcionários do presídio. O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) afirmou que a Promotoria de Execução Penal recebeu, na manhã desta sexta-feira (5), um e-mail enviado pelo advogado Alexandre Felício Antunes de Oliveira , responsável por protocolar as reivindicações dos reeducandos, e que vai avaliar as providências a serem adotadas diante dos relatos presentes na carta. 

Na carta, os detentos pedem que uma inspeção seja realizada na unidade, assim como também a presença da juíza titular da Vara de Execuções Penais, Dra. Orleide Rosélia Nascimento Silva. Os presos alegam que são castigados sem justificativa, são convocados a atuar como agentes penitenciários dentro do Cotel e que são algemados dentro da unidade. Por causa da pandemia, o banho de sol não deveria ter aglomeração, sendo individual, o que, de acordo com a carta, não está sendo cumprido. 

Após o recebimento da carta, familiares procuraram o advogado criminalista Dr. Alexandre Felício Antunes de Oliveira para reivindicar e acionar os órgãos competentes para solução do caso.

Por: Diário de Pernambuco

Foto: Divulgação/PCPE

Três homens são presos suspeitos de associação criminosa, homicídio e tráfico de drogas, no Grande Recife

Três homens foram presos suspeitos de fazerem parte de uma associação criminosa voltada à prática dos crimes de homicídio qualificado e tráfico de drogas. A prisão foi efetuada pela Polícia Civil de Pernambuco, através da operação "Caça-Fantasma", desencadeada nessa quinta-feira, nos municípios de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do estado.

As investigações foram iniciadas em agosto de 2020, sob a condução do delegado Gilmar Rodrigues, da 17ª Delegacia de Polícia de Homicídios de Vitória de Santo Antão. Nesta fase da operação, foram expedidos quatro mandados de prisão pela 1ª Vara Criminal da Comarca do município, e três cumpridos, sendo um em flagrante. De acordo com a polícia, são atribuídos ao grupo sete homicídios, entre eles, o assassinato de três policiais militares.

Entre os integrantes da associação criminosa, um homem - identificado apenas com as iniciais U.S.S - é lido pela polícia como o líder do grupo, atuante em homicídios. Os demais, segundo a PCPE, têm particpação em homicídio e no gerenciamento do tráfico de drogas.

A polícia informou, ainda, que a operação foi batizada de "Caça-Fantasma" "por fazer menção a um dos alvos, que antes da operação era tido como um verdadeiro 'fantasma', e apesar de ter praticado vários homicídios em Vitória, nunca era visto".

Por: Diário de Pernambuco

Foto: Agência Brasil/ Arquivo

Agente de saúde é estuprada enquanto abria posto em Jaboatão dos Guararapes

Uma agente de saúde, de 45 anos, foi estuprada na última quarta-feira (20), por volta das 7h, no momento em que iria abrir o posto de saúde no bairro de Comportas, em Jaboatão dos Guararapes. De acordo com o Sindicato dos Servidores do município, a servidora foi abordada por um homem, portando uma arma de fogo, a arrastou para a copa do local, consumou o estupro e espancou a agente de saúde. Um boletim de ocorrência foi realizado na Delegacia da Mulher de Santo Amaro, mas o inquérito vai seguir com a Delegacia da Mulher de Jaboatão dos Guararapes. Muito abalada, a mulher passou por exames no Instituto médico legal (IML) e foi medicada na Policlínica Lessa de Andrade, no Recife. 

De acordo com a polícia, além de estuprar e espancar a agente de saúde, o criminoso roubou o celular da vítima e um tablet. As investigações seguirão até identificar o autor do crime. Câmeras de segurança das redondezas serão utilizadas para localizar o estuprador. 

Em nota, a Secretaria de Saúde de Jaboatão dos Guarapes lamenta a violência sofrida pela funcionária e informa que “está sendo dada toda assistência para que ela se recupere desse trauma o mais rápido possível. Ela foi encaminhada a uma unidade hospitalar para a realização de exames e terá apoio psicológico durante o período que for necessário”. 

O sindicato dos servidores afirmou à reportagem que a segurança dos postos de saúde é precária e que não faz parte do ofício abrir o posto. Além disso, o sindicato está convocando os servidores para participar de uma assembleia virtual na próxima terça-feira (26), às 9h, em que irão decretar paralisação de 24 horas de todos os servidores e servidoras municipais da saúde “em repúdio à violência física e sexual sofrida por uma servidora municipal da saúde ACS”, afirma a nota.

Em comunicado, a prefeitura de Jaboatão dos Guararapes enfatiza que a segurança na unidade de saúde está sendo feita por um vigilante e a Guarda Municipal intensificou as rondas na área.

Por: Diário de Pernambuco

Foto: Walla Santos

Acusado de matar homem a pauladas é preso em Campina Grande

A prisão foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Homicídios de Campina Grande.

O acusado de assassinar a pauladas um motorista foi preso nesta terça-feira (19), em Campina Grande, na Paraíba. A prisão foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Homicídios de Campina Grande.

A prisão foi realizada após o Poder Judiciário expedir o mandado de prisão em desfavor do suspeito investigado, que foi cumprido pela Polícia Civil na tarde do último sábado (16).

José Domingos da Silva Júnior, de 37 anos, foi morto a pauladas no dia 22 de novembro de 2020. O corpo dele foi encontrado caído de bruços na Rua José Sebastião da Silva, no bairro Dinamérica. 

A Polícia Civil informou que o suspeito de uma casa de festas com sua companheira e nas proximidades do local teria começado a agredir a mulher. A vítima então tentou intervir na briga e acabou sendo agredido com um pedaço de madeira pelo suspeito.

A mulher teria corrido em direção a um posto de combustíveis próximo do local e solicitado um transporte alternativo, com destino ao conjunto Major Veneziano. Já o suspeito foi à sua procura dentro da festa e nos arredores, mas como não a encontrou, pegou um mototaxi com destino ao mesmo conjunto habitacional. 

O homem preso era foragido do sistema penitenciário paraibano. Ele cumpria pena na comarca de Serra Branca e deixou de se recolher, desde 2018, quando foi beneficiado com progressão para o regime semiaberto.

Por: ClickPB

Imagem 213

Foto: Reprodução

Acusado de envolvimento em chacina no bairro do Grotão é preso suspeito de tráfico de drogas em condomínio de João Pessoa

De acordo com a Polícia, o suspeito de 38 anos foi preso e com ele apreendidas algumas pedras de crack e R$ 1.500 em dinheiro.

Um homem acusado de envolvimento na chacina no bairro do Grotão foi preso neste domingo (03), suspeito de tráfico de drogas em um condomínio no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa. O homem também estava portando ilegalmente uma arma de fogo. 

De acordo com a Polícia, o suspeito de 38 anos foi preso e com ele apreendidas algumas pedras de crack e R$ 1.500 em dinheiro. 

Ele juntamente com o material foram encaminhados à Central de Polícia de João Pessoa.  

A chacina aconteceu no dia 14 de novembro de 2020 onde quatro pessoas foram mortas e  quatro ficaram feridas durante um ataque a tiros em uma festa no bairro do Grotão. De acordo com a PM, dois homens chegaram na frente da residência e pelo portão realizou os disparos.

Por: ClickPB

Imagem 288

Foto: Polícia Militar / Divulgação

PM prende homem e apreende 4 granadas e 405 balas de fuzil, espingarda e pistola em Porto de Galinhas

De acordo com a Polícia Militar, equipes do Bope capturaram suspeito de liderar tráfico na comunidade de Salinas, em Ipojuca, no Grande Recife. PM também encontrou drogas e armas.

Um homem foi preso em flagrante por suspeita de liderar uma quadrilha de tráfico que atuava em Salinas, em Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, no Grande Recife. Com ele, a Polícia Militar encontrou 405 balas de fuzil, pistola e espingarda, quatro granadas caseiras, além de armas e drogas.

De acordo com a Polícia Militar (PM), agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) receberam a denúncia de que o suspeito de liderar a quadrilha que atuava em Porto de Galinhas e comunidades vizinhas estaria escondido no mangue, na comunidade de Salinas.

Ao chegar ao local, a PM não localizou o homem, mas recebeu uma nova informação de onde ficava a casa dele. Os policiais, então, se dirigiram até a residência e encontraram o suspeito. Vídeos divulgados pela PM mostraram o Bope em ação na área (veja vídeo).

De acordo com a PM, na casa foram apreendidos uma pistola com carregador, 15 munições e 60 porções de maconha.
O suspeito indicou onde o grupo criminoso guardava outros armamentos e entorpecentes, em um balde dentro do mangue.

Os policiais militares apreenderam no local uma pistola, duas algemas, quatro granadas caseiras, duas balanças de precisão, além de outras 180 munições de fuzil, 125 munições de espingarda e 100 munições de revólver. Ao todo, foram recolhidos 13 carregadores de armas.

De acordo com a PM, ele foi encaminhado para a Delegacia de Porto de Galinhas. O G1 entrou em contato com a Polícia Civil e não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Outra ação

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Na ação, a Polícia Militar apreendeu três revólveres e uma pistola, cerca de 25 quilos de maconha e três balanças de precisão.

Na segunda-feira (21), quatro suspeitos de tráfico de drogas morreram em uma troca de tiros com policiais militares na mesma localidade do mangue de Salinas, em Porto de Galinhas.

Os policiais receberam a denúncia de que uma carga de drogas seria entregue em uma localidade conhecida como Ponto do Surfe. Ao chegar no local, eles foram recebidos com disparos pelos suspeitos.

Segundo a polícia, os quatro homens, de nome e idades não divulgados, tentaram se esconder dentro de um manguezal da área. Eles ainda foram encaminhados para unidades de saúde, mas não resistiram aos ferimentos. 

Por: G1 PE